Pensar em investimentos em meio a uma crise econômica pode parecer insanidade, porém, o FMI apresentou sinais de melhora no cenário econômico brasileiro a partir de 2017. O órgão estimou um avanço de 0,5% no PIB, contra uma projeção de crescimento nulo feita nos dois últimos levantamentos. Isso significa que quem costuma fazer investimentos precisa ficar atento às opções, já que a melhora da economia tem grande influência em investimentos – de maneira positiva e também negativa, em alguns casos. Uma boa dica é contar com uma consultoria financeira pessoal para não perder nada. Com o auxílio de um consultor de investimentos capacitado você saberá como investir da melhor forma.

Alguns investimentos financeiros ganharão força em 2017, devido a um cenário mais favorável e a uma injeção de liquidez na economia. Deseja saber onde investir o seu dinheiro nesse ano que se inicia? Conheça as alternativas!

Onde devo fazer investimentos?

Prefixados

Estabilidade é o que a economia prevê para 2017. Por consequência, existe a possibilidade de uma queda das taxas de juros, o que prejudica a rentabilidade do título do Tesouro Direto junto a Taxa Selic (LFT).  

Neste caso, o Tesouro Prefixado surge como uma opção segura e atrativa. O Tesouro Prefixado já foi destaque entre os investimentos financeiros de 2016, e continuará em alta em 2017. Ao fazer um investimento desse tipo, você compreende a rentabilidade previamente, o que dificulta que suas receitas sofram com uma possível queda dos juros.

Assim como em outras opções do Tesouro, existe a cobrança de Imposto de Renda regressivo (de 22,5% a 15%, dependendo do prazo de resgate), e de uma taxa de administração. Porém, existem corretoras que eximem o investidor desta última.

Bolsa de valores

Para quem prefere investimentos de renda variável, eles estarão em alta em 2017, principalmente, pela recuperação das empresas. Por isso, dependendo da situação do mercado, comprar ações relativamente baratas, esperando a rentabilidade aumentar em 2018, com retorno de crescimento, será vantajoso.

 

Entretanto, investir na bolsa de valores necessita de uma avaliação muito concreta de possíveis retornos financeiros, para poder aplicar nas empresas corretas.

Tesouro IPCA

Mesmo com a taxa de juros apresentando chances de queda em 2017, a inflação continua sendo um problema considerável no país, e a tendência é que isso continue a curto prazo. Portanto, quem estiver pensando no futuro, pode investir no Tesouro IPCA. Ele apresenta boa rentabilidade entre os investimentos financeiros.

Esse investimento rende uma taxa contratada somada ao valor do IPCA, a taxa que mede a inflação. A longo prazo, ele gera rentabilidade e, principalmente, proteção do poder de compra.

Fundos imobiliários

O mercado imobiliário tende a obter uma melhora contínua no ano de 2017. Pelo fato da crise financeira, possivelmente, se estabilizar, o consumidor volta a ter poder de compra.

Nos fundos imobiliários, o investidor aplica seus recursos em diferentes empreendimentos imobiliários e outros tipos de investimento. Com o mercado estabilizando, os fundos imobiliários serão ótimas opções para quem procura um aumento da rentabilidade de maneira segura.

LCI E LCA

As letras de crédito imobiliário (LCI) e letras de crédito do agronegócio (LCA) são alternativas de investimento financeiro que terão força em 2017. Conforme a economia volta a crescer, esses setores são impactados positivamente, adquirindo mais investimentos.

A duração dos investimentos é variável, podendo ir de meses a anos. As letras rendem de acordo com o CDI, ou de maneira prefixada, e são isentas de Imposto de Renda se os investidores forem pessoas físicas.

Consultoria financeira

Agora que você já adquiriu conhecimento sobre onde investir, contratar um consultor de investimentos é uma ótima alternativa para saber como investir dinheiro. A Bremenkamp Consultoria Financeira  te ajuda a conquistar sua independência financeira. Veja o depoimento de alguns dos nossos clientes e entre em contato conosco e saiba mais sobre consultoria financeira pessoal!



× Fale comigo!