Uma grande parcela dos brasileiros enfrentam problemas relacionados às finanças. Mais precisamente, 2019 foi o ano que a população começou mais endividada e inadimplente. Esses dados foram recolhidos pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Com isso, entende-se que muitas formas de fugir dessa realidade são constantemente buscadas. Por outro lado, muita gente continua precisando realizar determinadas compras e se perguntando: como parcelar sem atrair mais dívidas? Ao longo deste artigo, entenda quando a parcela pode ser, sim, uma vantagem.

Como parcelar sem pesar no bolso

como parcelar sem pesarSaber como parcelar sem entrar em mais dívidas intermináveis deve ser, para muitos, a fórmula secreta para todos os problemas. Entretanto, antes de continuar com a leitura deste artigo, é importante levantar pontos importantes. A parcela pode ter um lado vantajoso desde que você saiba quando, como e por que realizá-la. De nada adianta estender o tempo de pagamento de um produto não tão necessário e ainda pagar juros por isso. Ou pior: parcelar um item sem prioridade alta enquanto outras parcelas antigas ainda chegam mensalmente para você pagar.

Por essas e outras razões, é necessário sempre manter seus planejamentos anotados. Com as dicas a seguir do consultor financeiro Raphael Bremenkamp algumas dúvidas serão esclarecidas. Afinal, quando se sabe como parcelar, esse método de pagamento não é nenhum bicho de sete cabeças. Atente-se às dicas, anote e veja a melhor forma de aplicar no seu cotidiano enquanto pagador. Lembre-se: isso tudo também influencia no seu score de crédito.

Dicas essenciais de como parcelar

dicas de como parcelar dívidasAntes de tudo: reflita!

Antes de chegar ao ato da compra, ou seja, decidir pela parcela ou pagamento à vista, reflita. Identifique o x da questão. Quando se trata de um produto que você deseja potencialmente, ver a possibilidade de dividir o pagamento parece vantajoso. Mas será que você não está pensando só na primeira parcela? E as outras dívidas?

Comprando o básico

Imagine uma situação complexa. Você precisou sair de casa e agora está bancando as próprias emergências. Ou qualquer situação em que comprar somente o necessário seja o mais indicado. Quando você já conseguiu uma casa, mas ainda não está estável financeiramente, o que é mais importante: televisão ou geladeira? Se sua resposta foi geladeira, já está no caminho certo de quem sabe como parcelar. Parcelar é bem-vindo em produtos/serviços essenciais e/ou que fornecem algum tipo de retorno.

Mesmo valor até a última parcela

Se quando você vai comprar um produto o vendedor lhe oferece a opção de parcelar até certa quantidade de vezes sem juros, parcele. Quando o valor permanece o mesmo até a última parcela, é um dos tópicos de como parcelar. Mesmo valor à vista ou à prazo, quanto mais parcelas melhor. Por exemplo: o valor final do produto é R$1000 e pode ser parcelado em até 10 vezes sem juros. Em vez de pagar à vista ou parcelar em 5 de R$200, faça em 10 de R$100. Os R$100 restantes (que completariam os R$200) podem ser investidos em prol de uma outra compra a ser realizada à vista e com desconto.

Como parcelar um produto que desejo muito?

Na hora de comprar um produto que não faz parte das suas necessidades básicas de sobrevivência, saber como parcelar contribui. A maior dica em relação a isso é juntar o dinheiro necessário para pagar à vista. Após, deve-se pedir um desconto para pagamentos realizados na hora. Na ausência de um bom desconto, solicite a possibilidade de parcelar sem juros e parcele. O dinheiro anteriormente estocado, invista.

Agora, como pagar essa nova mensalidade de parcelas? Da sua renda líquida, é importante separar uma parte para metas de pequeno, médio e grande porte. O valor dessa parcela deve sair da quantia separada para metas de pequeno porte. Ou seja, não há prejuízo e a parcela ainda proporciona mais dinheiro. O valor anterior aplicado no investimento, como o tesouro direto, rende muito mais com o passar do tempo. E ainda poderá ser aplicado para bancar metas do futuro.

Consultoria financeira pode me ajudar?

consultoria de como parcelas dívidasO acompanhamento que nunca falha é de um consultor financeiro. Portanto, essa é a hora de você investir no profissional que, junto a você, vai entender e traçar caminhos saudáveis para seguir, financeiramente falando. Conte com a Bremenkamp Consultoria Financeira.

Em nosso blog, você confere artigos exclusivos sobre finanças do casal, controle de orçamento doméstico, empréstimo consignado, cheque especial e muito mais. Entre em contato e veja como podemos lhe ajudar a saber a hora e como parcelar.