Desde 2012, a rentabilidade da poupança depende da taxa básica de juros, a Selic, que sofreu quedas consecutivas em seu percentual, alcançando o patamar de 7% em dezembro de 2017. Com isso, o rendimento da poupança sofreu impactos, tendo em vista que a taxa determina qual será o cálculo feito para definir o retorno da caderneta.

Com isso, as dúvidas sobre a caderneta de poupança vêm crescendo cada vez mais, especialmente se vale a pena ou não investir nela. Por isso, o consultor Raphael Bremenkamp preparou este artigo com diversas informações úteis sobre o rendimento da poupança e seu calculo para você. Confira!

Como realizar o cálculo o rendimento da poupança?

Dicas para descobrir o rendimento da poupança

A remuneração da poupança é 0,5% por mês e 6,17% ao ano, somada à variação da Taxa Referencial (TR), atualizada diariamente pelo Banco Central. Assim, todos os valores depositados na caderneta de poupança tem suas remunerações baseadas na TR mais juros de 0,5% ao mês. Se a Selic estiver em 8,5% ao ano, o rendimento da poupança será 70% da Selic mais a TR e, estando acima de 8,5% ao ano, a caderneta de poupança rende 0,5% ao mês mais Taxa Referencial (TR). Ou seja, o valor que você depositou irá render, minimamente, 0,5% ao mês.

O rendimento da poupança está ligado diretamente ao valor inicialmente depositado e quanto tempo ele permaneceu na conta sem ser sacado. Quanto maior o valor e mais tempo ele for deixado intacto, maior será o seu rendimento. Uma das diferenças da poupança para outras aplicações que dividem a valorização com o tempo é que, para que haja o rendimento, é necessário aguardar o mês inteiro. Além disso, a correção do valor depositado ocorre no aniversário de cada depósito.

Qual a rentabilidade de uma poupança?

Sem a incidência de Imposto de Renda nem cobrança de taxas, esse valor acaba sendo líquido, semelhante a outros da renda fixa que são oferecidos aos investidores, porém com a vantagem de apresentar facilidade para aplicação e saque. Além disso, a inflação sob controle garante que o dinheiro guardado não ficará desvalorizado.

Apesar do rendimento da poupança não ser muito relevante, a caderneta de poupança não apresenta quantia mínima para iniciar seu investimento, além de possuir isenção total de tributos sobre os rendimentos, como Imposto de Renda e Imposto sobre Operações Financeiras.

Caso você esteja precisando de auxílio em relação à sua situação financeira, para saber que rumo dar a ela, conte Raphael Bremenkamp. Um consultor financeiro com 15 anos de experiência no mercado de consultoria financeira, podendo te ajudar da melhor maneira no controle de suas finanças e investimentos. Entre em contato e agende sua primeira consultoria financeira pessoal gratuita!

Links úteis:
consultor financeiro pessoal rj
consultor financeiro pessoal sp



× Fale comigo!