Se você tem dinheiro guardado, pensa em fazê-lo render, mas não sabe como, está lendo o artigo certo. A carteira de investimentos é a melhor maneira de fazer seu capital render e com os todos os riscos calculados. Mas, antes de mais nada, você sabe exatamente o que significa carteira de investimentos?
A carteira de investimentos é um conjunto de aplicações (ações, fundos, títulos públicos, debêntures, aplicações imobiliárias e outros) feitas por alguém. Quanto mais diversificada for, menor tende a ser o risco. Ela é dividida em prazos e proporções que formam a estratégia usada para que o retorno seja satisfatório. Existem investimentos de curto, médio e longo prazo e com diversos valores mínimos para começar. Os tipos de investimentos mais comuns são:

  • CDBs
  • LCIs – Letras de Crédito Imobiliário ( pagando acima de 90% do CDI)
  • LCAs – Letras de Crédito do Agronegócio
  • LCs – Letras de Câmbio
  • Fundos de Renda Fixa
  • Fundos Referenciados DI
  • Fundos de Crédito
  • Fundos Multimercado Juros e Moedas

A seguir, a Bremenkamp consultoria financeira irá te dar algumas dicas para que você monte a sua carteira de investimentos.

Dicas para montar a sua carteira de investimentos

Defina seu perfil

Antes de tudo, você precisa classificar as suas vontades e sua realidade para que se encaixe em determinado perfil. O perfil é um dado que irá te auxiliar a encontrar a melhor forma de investimento. Basicamente, ele auxiliará nas decisões de investimentos alinhadas com seus objetivos, situação financeira e conhecimento em relação aos produtos de investimentos.

Pense bem antes de aplicar

Cada forma de investimento tem suas especificidades e exigências. Por isso, na hora de escolher as suas vias de aplicação, pense bem sobre potencial de retorno, o mínimo que você pode investir, os prazos e o risco que elas podem te apresentar. Existem diversas opções, alguns com baixa liquidez, outros com alta; alguns permitem um mínimo de R$3.000,00, outros exigem um mínimo de R$10.000,00, dentre diversos outros fatores. É preciso analisar bem antes de decidir qual é a melhor opção para o seu perfil. um consultor financeiro pode te ajudar nesse processo.

Acompanhe

Tente acompanhar o seu rendimento de forma frequente. Isso te permite perceber o quanto ele está sendo positivo, se está dentro de suas expectativas e se deve manter desta forma ou mudar a estratégia.

Procure um especialista

Sem dúvidas, essa é a maneira mais assertiva de elaborar a sua carteira. Um consultor financeiro saberá exatamente como realizar todas as etapas acima. Por meio da consultoria financeira pessoal ele te auxiliará a encontrar opções com maior retorno, com menor risco e saberá distribuir seus recursos de maneira a otimizar os resultados esperados.

Adote a consultoria financeira pessoal

A consultoria financeira pessoal é uma ótima opção para quem deseja montar a sua carteira de investimentos de acordo com as suas necessidades e perfil. Navegue em nosso site e saiba mais sobre como a consultoria financeira pode te ajudar.



× Fale comigo!